Notícias

Se o seu nutricionista te mandar parar de tomar leite, mude de nutricionista!

Compartilhe

04/07/2017

Se o seu nutricionista te mandar parar de tomar leite, mude de nutricionista!

No dia 30/03, o movimento #BEBAMAISLEITE promoveu uma palestra com o Dr. Drauzio Varella, no Grande Teatro da Universidade Positivo, em Curitiba/PR. Em quase duas horas de apresentação, ele falou sobre saúde, nutrição e benefícios do consumo de leite e derivados como parte de uma dieta saudável.

 evento contou com a participação de mais de 1800 pessoas, sendo quase a metade composta por mães, que são as grandes responsáveis por decidir quais alimentos são consumidos em seus lares. Uma parcela importante do público foi composta pelos participantes do Simpósio Internacional Leite Integral, em sua maioria produtores de leite, veterinários e zootecnistas.

Além destes, médicos, nutricionistas e estudantes dessas áreas também assistiram à palestra do médico mais conhecido e admirado do Brasil. O Dr. Drauzio explicou porque o leite é considerado um alimento de alto valor nutricional. “O leite é importante porque tem sais minerais, vitaminas e, especificamente, o cálcio, que é um componente essencial da dieta e que existe em quantidades muito pequenas em outros alimentos.”

Segundo ele, o seu consumo é fundamental na infância e adolescência, quando o esqueleto está sendo construído. “O organismo não sintetiza cálcio. Ele deve ser adquirido pela alimentação, e para formar um esqueleto robusto, quando o ser humano está crescendo, é preciso ter cálcio”. E continuou, “à medida que a gente envelhece, o seu consumo se torna importantíssimo.

A queda dos hormônios sexuais nas mulheres na menopausa implica em perda da proteção óssea, e os ossos começam a ficar mais rarefeitos. Essa diminuição da densidade óssea aumenta à medida que a mulher envelhece. Portanto, nessa fase, é preciso que haja uma ingestão adequada de cálcio para tentar manter o esqueleto”.

Sobre a quantidade a ser consumida, o Dr. Drauzio informou que o ideal para se atender às necessidades básicas do organismo são quatro porções de lácteos por dia, desde a infância.

Um dos pontos altos do evento foi quando uma pessoa da platéia enviou a seguinte pergunta para o Dr. Drauzio: "Não sou intolerante à lactose e não tenho alergia à proteína do leite, mas a minha nutricionista insiste que devo parar de tomar leite. O que eu faço?". A resposta do médico foi rápida e certeira: "Troque de nutricionista!". Confira o vídeo produzido pela Tirol, patrocinadora do evento.

Por: Cecília Sucasas
​Fonte: Beba Mais Leite

Voltar ao topo